Mundial de Clubes recebe atleta que já é um vencedor

Jogador italiano lutou contra a doença entre 2011 e 2012, e hoje está curado

iG Minas Gerais | Débora Ferreira |

Vitória especial. Giacomo Sintini (centro) voltou ao vôlei e venceu a liga italiana de vôlei, com o Trentino, após superar a leucemia
Arquivo pessoal
Vitória especial. Giacomo Sintini (centro) voltou ao vôlei e venceu a liga italiana de vôlei, com o Trentino, após superar a leucemia

Giacomo Sintini tinha 32 anos quando recebeu o diagnóstico médico de que estava com leucemia. Era junho de 2011. Entre sessões de quimioterapia e muito sofrimento, o atleta tomou a resolução de que não largaria o vôlei, lutou contra a doença, e três anos depois, se prepara para disputar pela segunda vez o Mundial de Clubes de Vôlei no Brasil, com o Trentino-ITA.

A idade, considerada avançada para atletas, em nada alterou os planos dele de querer voltar às quadras. Pelo contrário, a vontade o motivava, assim como sua família e sua fé. “Muitas coisas me ajudaram a lutar contra o câncer: família, minha esposa, minha filha, fé em Deus, orações, meu desejo de não desistir, minha paixão por vôlei, confiança nos médicos e enfermeiros que cuidaram de mim. Eu gastei todos os meus recursos no tratamento de quimioterapia. Eu lutei, mas tive sorte”, explica o jogador.

Já recuperado, Jack, como é apelidado, resolveu ajudar pessoas que estão em situação semelhante. O esportista criou a “Associazione Giacomo Sintini”, em que apoia aquelas que estão em tratamento de câncer, além de financiar pesquisas sobre leucemia e linfoma. No Natal, a instituição também faz “surpresas” nos hospitais.

“Nós compramos presentes para as crianças nos hospitais e equipamentos para diversos departamentos”, conta Jack. Pouco tempo depois de ir para o Trentino e se sagrar campeão da Superliga italiana, o levantador foi procurado por um editor, e convidado a escrever sua história em um livro. Jack aceitou, pois com a obra teria a oportunidade de atingir mais pessoas. Em maio de 2013, publicou “Força e Coragem”. “Passei a contar a minha história da luta contra o câncer porque tive um final feliz e acho que isso pode ajudar muitas pessoas a encarar o problema”, disse Sintini.

Seleção

Primeira lista. José Roberto Guimarães divulgou os primeiros nomes convocados para a seleção feminina. As gêmeas do Praia Clube, Monique e Michelle, são as únicas de equipes mineiras.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave