Presidente da Fiemg é reeleito presidente

Olavo Machado segue na Federação, recebe Jander Filaretti e promete novas estratégias para a indústria

iG Minas Gerais |

Parceria. 
O empresário Jander Filaretti foi recebido pelo presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior
Eduardo Penido
Parceria. O empresário Jander Filaretti foi recebido pelo presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior

A indústria mineira precisa de igualdade de tratamento para poder se diversificar cada vez mais e aumentar sua contribuição ao desenvolvimento da economia do Estado.

Essa é a avaliação do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Junior, reeleito para mais quatro anos à frente da entidade.

O presidente, que é empresário em Contagem, recebeu em seu gabinete o também empresário e pré-candidato a deputado Federal, Jander Filaretti. Juntos eles discutiram sobre a importante colocação da indústria no desenvolvimento do Estado.

Na ocasião, Olavo Machado salientou os resultados do Programa Minas Sustentável, implementado na gestão de Jander Filaretti na Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Contagem, (2009-2012). “Com essa parceria, obtivemos grandes resultados em Contagem, onde o licenciamento ambiental ficou muito mais ágil e acessível, sem deixar de ser rigoroso, no que diz respeito ao cumprimento das leis ambientais pelos empresários.” disse.

Segundo Jander Filaretti, “o Minas Sustentável foi um projeto-piloto, de “teste”, que deu certo em Contagem graças a parceria entre o poder público e a entidade FIEMG, por isso pôde ampliar para outros municípios. O Olavo é um visionário,” defendeu.

Segundo Olavo Machado, é grande o potencial das empresas mineiras. Porém, para que o mesmo seja aproveitado, é preciso que o governo adote medidas mais assertivas e menos centralizadas.

"Nosso desejo, enquanto representante do setor no Estado, é que a indústria possa estar presente de maneira sólida no mercado nacional e internacional. Temos capacidade de ajudar a atividade no país, mas é necessário um esforço de todos para equalizar as condições de competitividade", diz Machado Junior.

Histórico

Olavo Machado, que tomará posse no próximo 15 de maio, quando é comemorado o Dia da Indústria, salientou que em seu primeiro mandato, que começou em 2010, foi dada prioridade, entre outras coisas, à questão da competitividade e, durante seu novo mandato à frente da entidade, o objetivo será manter essas e outras iniciativas, sem, no entanto, deixar de ousar na implementação de novas estratégias para alavancar e promover a valorização da indústria, defendendo os interesses do setor, principalmente no que diz respeito à tecnologia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave