Diaristas ganham mercado

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |

A preferência pelo trabalho das diaristas é uma tendência, segundo especialistas na área trabalhista. “Com receio do aumento da despesa, as famílias vão optar pela diarista”, observa a advogada Flávia Diniz Reis Rezende.  

Entretanto, ela frisa que em vigor estão a jornada de oito horas diárias e 44 semanais, horas extras, além dos direitos sociais, já previstos na Constituição. “O restante ainda precisa de regulamentação”, diz.

O advogado trabalhista Antônio Raimundo de Castro Queiroz Júnior afirma que o encarecimento da mão de obra doméstica vem acontecendo nos últimos anos, mesmo sem qualquer mudança na legislação. “Hoje, você não encontra uma empregada doméstica para ganhar um salário”, diz. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave