Em Pirapora, racionamento de água não está descartado

iG Minas Gerais | Pedro Grossi |

O baixo nível do reservatório de Três Marias, na região Central, já está impactando a oferta de água em municípios vizinhos. A cidade de Pirapora, por exemplo, já admite publicamente a possibilidade de falta de água no município e não descarta o racionamento de água em razão da baixa vazão na usina de Três Marias.  

Segundo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), autarquia municipal que cuida do abastecimento na cidade, “a situação nunca foi tão preocupante”. Hoje, usina de Três Marias está com uma vazão de apenas 250 m³ por segundo, volume considerado pequeno. Este índice é considerado limítrofe para garantir o abastecimento de água para o município de 53 mil habitantes. Apesar disso, a vazão deve ser reduzida ainda mais para garantir a geração de energia da usina.

O SAAE enviou comunicado informando que “é provável que falte água em Pirapora”. De acordo com a instituição pública, há dez anos essa vazão era de 600 m³ por segundo.

Em Pirapora, a calha do rio, ou seja, o canal que carrega o maior volume de água, está localizado na margem esquerda – o que gera dificuldades para captação de água. O SAAE informou que está realizando um serviço de limpeza e melhoramento no sistema de captação de água para garantir o abastecimento.

“A gente está vendo que o nível do rio está muito baixo, mas até agora não faltou água. Só teve um dia que avisaram que ia faltar para fazerem uma limpeza”, conta a vendedora Caroline dos Santos, que mora com os pais e um irmão em Pirapora. “Nadar e pescar, por exemplo, só se for para Buritizeiro, na outra margem do rio”.

Volumes. No mês de março, o nível do reservatório de Três Marias chegou a 18,78% da capacidade, o mais baixo para o mês na série histórica, iniciada em 2000. Em janeiro deste ano, o índice era de 27,56% e, em fevereiro, de 21,44%.

No mesmo período de 2013, o nível do reservatório era de 52,88%. Em março de 2001, quando houve o racionamento, o reservatório estava em 35,07%. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave