Dilma Rousseff faz visita rápida para conhecer a Arena Pantanal

Nas últimas semanas, a presidente vem fazendo um giro pelas cidades-sede da Copa para conhecer os novos estádios brasileiros

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Com a Arena Pantanal ainda em obras para a Copa do Mundo, a presidente Dilma Rousseff fez apenas uma rápida visita ao local nesta quinta-feira. O estádio em Cuiabá já teve a data de inauguração adiada seguidas vezes e até já recebeu jogo oficial, mas só deverá ser finalizado em meados de maio.

Dilma circulou pela tribuna de honra, pelo gramado e parou na arquibancada apenas para tirar fotos com operários que foram ao local para acompanhar a visita. Acompanhada do governador Silval Barbosa (PMDB), disse aos fotógrafos e cinegrafistas que puderam se aproximar dela no gramado que achou a arena "muito bonita". Nas últimas semanas, a presidente vem fazendo um giro pelas cidades-sede da Copa para conhecer os novos estádios brasileiros.

Na Arena Pantanal, Dilma pôde ver que o anel superior ainda tem poucas cadeiras instaladas. Mesmo ainda sem capacidade completa, o estádio vem recebendo jogos. Santos e Mixto fizeram a primeira partida oficial no início do mês pela Copa do Brasil, quando torcedores reclamaram de problemas no acesso.

E neste sábado, Luverdense e Vasco se enfrentarão no local pela Série B, novamente com apenas parte da arena liberada. A inauguração oficial pode ficar para Santos x Atlético-MG, que jogarão no dia 18 de maio, pelo Campeonato Brasileiro.

Cuiabá apresenta diversos problemas de mobilidade urbana porque obras previstas para a Copa ainda não ficaram prontas e deverão estourar o cronograma. A principal intervenção prevista era o veículo leve sobre trilhos (VLT) que ligará o aeroporto, que fica em Várzea Grande, ao centro da capital. O governo local diz agora que a obra só deverá ser concluída em dezembro, e trabalha para minimizar os transtornos causados pelo atraso, principalmente no acesso ao estádio.