Fifa revela que ainda venderá ingressos para abertura da Copa

Quantidade de entradas não foi revelada porque a entidade ainda não conhece a capacidade exata do Itaquerão

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Arena Corinthians será palco da abertura da Copa do Mundo de 2014
CORINTHIANS/DIVULGAÇÃO
Arena Corinthians será palco da abertura da Copa do Mundo de 2014

O diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil, revelou nesta quinta-feira que ainda serão vendidos ingressos para o jogo de abertura da Copa do Mundo, entre Brasil e Croácia, no dia 12 de junho, no Itaquerão, em São Paulo.

Em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, Weil não revelou a quantidade de bilhetes que serão colocadas à venda e nem a data da compra. Estas entradas, que integram a chamada "reserva de contingência", serão comercializadas pelo site da Fifa, provavelmente depois do dia 22 de maio.

A quantidade não foi revelada porque a Fifa ainda não conhece a capacidade exata do Itaquerão. A entidade aguarda o plano final de assentamento do estádio para avaliar quantos lugares há no estádio e quantos ingressos restaram após seguidas fases de venda para o confronto entre seleção brasileira e Croácia.

A situação se repete com a Arena Pantanal, em Cuiabá, e com a Arena da Baixada, em Curitiba. As duas sedes terão mais ingressos disponíveis para a venda. Assim como no Itaquerão, estes estádios ainda não estão totalmente finalizados. Por esta razão, a Fifa não sabe o número exato de torcedores suportados por cada arena.

RETIRADA - Weil não escondeu a preocupação com o ritmo lento da retirada dos ingressos pelos torcedores nos centros de distribuição das cidades-sede da Copa. No primeiro fim de semana os torcedores retiraram apenas 89 mil ingressos de um total de 1,7 milhão que foram comprados pelo público em geral pela internet.

"Se continuar nesse ritmo, seriam precisos mais 10 finais de semana para que as pessoas pegassem todos esses bilhetes", disse o diretor de marketing. Ele teme que se repita neste ano a correria de última hora dos torcedores em busca dos ingressos nos centros de distribuição. A partir de 1º de junho, estes centros também se tornarão pontos de venda de ingressos, na última fase de venda para o Mundial.