Bronze no Mundial de Barcelona, Felipe Lima é só o 4º no Maria Lenk

Resultado tirou qualquer possibilidade do atleta disputar o Pan-Pacífico, em agosto, na Austrália

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Felipe Lima fechou a prova com com o tempo de 59s65
Satiro Sodré/CBDA
Felipe Lima fechou a prova com com o tempo de 59s65

A repercussão pode não ser a mesma, mas se há uma prova no Brasil que pode ser comparada com a dos 50 metros livre pelo nível técnico, hoje, ela é os 100 metros peito no masculino. Por isso, era grande a expectativa para a final do Troféu Maria Lenk nesta quinta-feira à tarde, no Parque Aquático do Ibirapuera. Numa disputa acirrada, Felipe Lima, que ganhou bronze na prova no Mundial de Barcelona, no ano passado, terminou só em quarto e não vai ao Pan-Pacífico, em agosto, na Austrália.

Foi o troco de Felipe França, que ficou fora do Mundial do ano passado. De volta à boa forma, agora no Corinthians, o nadador campeão mundial dos 50 metros peito em 2011 fez 59s91 para ser ouro no Maria Lenk e se garantir no Pan-Pacífico. A marca é a quinta melhor do mundo no ano.

Quem também vai ao Pan-Pacífico é João Gomes Júnior, que já havia consigo classificação para o Mundial. Ele foi prata no Maria Lenk, com 1min00s40. Raphael Rodrigues surpreendeu no terceiro lugar, também pelo Pinheiros, nadando abaixo do índice, mas o Brasil só pode levar à Austrália dois atletas por prova. Assim, ele fica fora. Felipe Lima foi só o quarto, com 1min00s90 à frente de outro atleta de ponta da prova, Henrique Barbosa.

O Corinthians dominou o dia no Maria Lenk. Sem Thiago Pereira, que fez o melhor tempo da manhã, quando nadava em observação, sem poder se classificar à final, Leonardo de Deus venceu os 200m costas com 1min56s21, abaixo do índice para o Pan-Pacífico, mas acima da meta de nadar na casa de 1min55s. Luiz Altamir, de apenas 17 anos, pelo Flamengo, foi segundo.

No feminino, Katinka Hosszu, a húngara contratada pelo Corinthians especialmente para nadar o Maria Lenk, foi ouro nos 200m costas, sete segundos à frente de Giovanna Diamanti, garota de 16 anos do Sesi. Nos 100m peito, ganhou a argentina Julia Sebastian, que é radicada no Unisanta. Pamela Alencar, pelo Corinthians, foi prata. Os índices, porém, passaram longe.

Nesta quinta começaram a ser disputadas as provas de 50 metros nos estilos, que não são olímpicos. A distância do dia foi os 50 metros costas, com vitória de Guilherme Guido (Pinheiros) no masculino e Etiene Medeiros (Sesi) no feminino. Os dois já tinham índice para o Pan-Pacífico e nadaram acima do que haviam feito no Open, em dezembro do ano passado.

Leia tudo sobre: felipe limamaria lenknatação