Ex-companheiro de Pato, Ceará alerta: “Ele quer mostrar serviço"

Para lateral cruzeirense, atacante, que teve sua imagem arranhada no Timão, quer dar a volta por cima no futebol brasileiro

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Ceará retorna às atividades físicas, mas volta aos gramados ainda é uma incógnita
Washington Alves/VIPCOMM
Ceará retorna às atividades físicas, mas volta aos gramados ainda é uma incógnita

O lateral-direito Ceará é experiente, rodado e sua vivência no futebol o fez acompanhar de perto o surgimento de um atleta que chamou a atenção do mundo: Alexandre Pato, atualmente no São Paulo, mas que no início dos anos 2000 ajudou o Internacional a conquistar o título de campeão do Mundo, diante do todo poderoso Barcelona.

Em um momento diferente daquele que o consagrou e o levou para o Milan (ITA), Pato, que teve sua imagem arranhada no Corinthians no ano passado, quer dar a volta por cima no futebol brasileiro. Para isso, irá explorar o fato de ter mudado de equipe em 2014. Quem garante isso é o próprio lateral celeste, que conhece bem o atacante.

“Todo atleta quando chega em uma nova equipe quer mostrar sua qualidade, se impor. Como o Alexandre Pato foi questionado no Corinthians, com certeza quer mostrar o contrário no São Paulo, calar os críticos. E isso dificulta o lado do Cruzeiro”, avalia Ceará.

Jogador rápido, leve e de muita inteligência, Pato merecerá, junto de Paulo Henrique Ganso, atenção diferenciada neste domingo, às 16h, no Parque do Sabiá, em Uberlândia, palco do jogo entre Cruzeiro e São Paulo, pela segunda rodada do Brasileirão.

“A movimentação dele é boa, jogador rápido, forte. Temos que nos precaver nesse sentido, estar próximo na linha de quatro defensiva, pois o Ganso tem visão de jogo muito boa. Esse é o nosso principal dever, anular os espaços do Pato”, frisou.

O setor ofensivo do São Paulo como um todo também motivou treinamentos especiais no Cruzeiro.

“Sabemos que o São Paulo tem um poder técnico muito grande, jogadores qualificados na parte ofensiva. Temos treinado a parte defensiva há algumas semanas, tentando alinhar o setor para não sofrermos gols. Mais uma vez o Marcelo (Oliveira) nos orientou nesse aspecto, para anular os pontos positivos do São Paulo, a movimentação do Pato com o Luis Fabiano e as bolas enfiadas pelo Ganso”, completou.