Fernando Pimentel se diz 'entusiasmado' com aliança do PMDB

"A decisão do PMDB de se aliar ao PT na disputa pelo governo do Estado entusiasma a todos nós", escreveu, em nota, o ex-prefeito de BH e provável candidato ao governo estadual

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined

O ex-ministro e provável candidato do PT ao Governo de Minas, Fernando Pimentel, divulgou nota nesta quinta-feira (24) afirmando que vê com bons olhos uma possível aliança do partido com o PMDB. "A decisão do PMDB de se aliar ao PT na disputa pelo governo do Estado entusiasma a todos nós", escreve. 

A aliança entre os dois partidos já acontece na esfera federal há algum tempo. Em Minas, PT e PMDB se uniram para formar a oposição ao governo tucano. Em 2010, a chapa de Hélio Costa foi composta também pelo ex-prefeito de Belo Horizonte e histórico petista Patrus Ananias.

Na quarta-feira (23), o senador Clésio Andrade (PMDB) divulgou nota anunciando oficialmente sua desistência de concorrer ao governo de Minas Gerais pelo partido em outubro. O PMDB estava dividido entre caminhar com o PT, tendo a vaga de vice e o ex-ministro Fernando Pimentel (PT) como cabeça de chapa, e ter candidato próprio, que seria Andrade.

A definição ocorreu nesta terça-feira (22) em almoço fechado para alguns peemedebistas liderados pelo presidente da legenda, deputado federal Antônio Andrade (PMDB) - que defende a composição com petistas e tem seu nome cotado para ser vice na chapa.

Confira a nota de Fernando Pimentel na íntegra:

"A decisão do PMDB de se aliar ao PT na disputa pelo governo do Estado entusiasma a todos nós que temos trabalhado por uma aliança que repita aqui, em Minas Gerais, a parceira já existente entre esses dois grandes partidos em nível federal. Liderada pelo deputado Antônio Andrade, a maioria dos integrantes da executiva estadual posicionou-se a favor da parceria já no primeiro turno.

Nesse processo interno, devo ressaltar o desprendimento do senador Clésio Andrade que, na manhã de hoje afirmou acatar a decisão da executiva. O senador Clésio, que pretendia de forma legítima ser o candidato de seu partido ao governo de Minas Gerais, abriu mão da candidatura, com lealdade e transparência, permitindo a unidade do PMDB em favor da aliança com o PT, o PROS e o PCdoB, que queremos ver confirmada nas convenções partidárias, em junho.

Também quero destacar a participação efetiva do amigo Josué Gomes da Silva na construção da aliança. Sua vinda para a política permite a oxigenação desse projeto por sua experiência empresarial bem-sucedida e pelo respeito ao legado de seu pai, nosso saudoso José Alencar.

Estamos certos de que juntos, PT, PMDB, PROS e PCdoB poderemos oferecer às mineiras e aos mineiros um projeto de governo que permita ao nosso Estado, a exemplo do que ocorre no Brasil nos governos do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma, desenvolver seu grande potencial econômico e tornar-se socialmente mais justo.

Fernando Pimentel"

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave