Mãe procura hospital e reconhece menino espancado no Barreiro

Mulher chegou ao João XXIII ontem à noite; crime ainda não foi esclarecido

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Lote vago. 

Menino foi achado em lote, desacordado e com um ferimento na cabeça
DENILTON DIAS /O Tempo
Lote vago. Menino foi achado em lote, desacordado e com um ferimento na cabeça

O menino de aproximadamente 8 anos que foi agredido e abandonado em um lote no Barreiro, em Belo Horizonte, foi reconhecido pela mãe na noite dessa quarta-feira (23). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital de Pronto Socorro João XXIII.

De acordo com as primeiras informações da instituição, a mulher, que ainda não teve o nome divulgado, compareceu ao hospital após as reportagens sobre o caso. No entanto, ainda não há mais detalhes sobre o que teria acontecido com a criança.

Ainda segundo o hospital, o quadro de saúde do garoto é estável, mas ele ainda respira com a ajuda de aparelhos.

A Polícia Civil já tomou conhecimento do caso, mas ainda não passou mais dados das investigações.

Relembre o caso

No último dia 16, o menino foi jogado em um lote vago do bairro Diamante após ser espancado. A vítima foi encontrada por um morador da região. 

O garoto foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Barreiro, mas, devido à gravidade dos ferimentos na cabeça, foi encaminhada ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O menino teve perda de massa encefálica

Atualizada às 08h55

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave