Envolvida nega ter participação com o tráfico

iG Minas Gerais | Raquel Sodré |

Segundo afirmou em entrevista para o programa Cidade Alerta, da rede Record, Patrícia Alves é pernambucana, tem 23 anos e mora no Rio de Janeiro há cerca de oito anos.  

Ela declarou se envolver com policiais militares há aproximadamente cinco anos e disse que o hábito de manter relações com policiais era uma questão de gosto. Patrícia negou ter envolvimento com o tráfico de drogas e também disse não ter sido instruída por ninguém a procurar os policiais. “Fiz por conta própria mesmo”, garantiu.

Algumas das relações sexuais foram praticadas dentro das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) e material fotográfico e de vídeo mostra Patrícia posando fardada e segurando armas. Essa foi a causa de uma investigação aberta pela Coordenadoria de Polícia Pacificadora do Rio.

A moça também está sendo perseguida pelas esposas dos policiais com quem se envolveu. “A maioria deles era casado”, contou. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave