Extradição de Pizzolato é possível

iG Minas Gerais |

Brasília. O Ministério Público italiano informou que a extradição do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no caso do mensalão, é “juridicamente possível”. O procurador da República italiano, Alberto Candi, reconheceu que o pedido do governo brasileiro se enquadra nos requisitos para ser discutido na Corte de Apelação de Bolonha.  

Segundo o MP italiano, o parecer favorável elaborado por Candi reconhece que os crimes pelos quais Pizzolato foi condenado são previstos na Itália e que o tratado de extradição entre os dois países vigora plenamente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave