A voz da Massa

iG Minas Gerais |

Saudações alvinegras! Os jogadores lesionados vão voltando aos poucos, mas se tem um cara que a Massa está ansiosa para ver em campo novamente esse cara é Luan, o Doidim do Galo. Nesta fase “mais ou menos” do nosso ataque, Luan ajudaria demais o time, não só com o seu bom futebol sempre apresentado por aqui, mas, sobretudo, pela vibração, raça e intensidade com que ele joga. Tanta energia costuma contaminar a todos em campo, fazendo com que o time suba de rendimento. Vamos torcer pela volta urgente desse garoto. Agora uma ótima notícia: o sub-17 do Galão enfiou uma sacolada de 6 a 1 no Flamengo, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil da categoria, e praticamente carimbou passagem para a final. Destaques para o atacante Capixaba, autor de dois gols, e para o camisa 10, Tabata, que também guardou um e deu duas belas assistências. Olho neles!

A voz Celeste

Marcelo Oliveira ontem esteve com a gente no programa “Só Esportes”. O mais interessante é que o treinador do maior de Minas não perde nunca o jeito mineiro de ser. Tranquilo, Marcelo responde todas as perguntas, mas sempre deixa alguma coisa no ar. Para mim, uma coisa é certa: Henrique é titular no time do Cruzeiro, formando a dupla de volantes com Lucas Silva. As dúvidas continuam quanto ao time que entra contra o São Paulo no próximo domingo. Eu tenho um palpite de que o máximo de titulares que puder colocar em campo ele vai colocar. A última vez em que os titulares jogaram foi no dia 16. Então, até o dia 30, será muito tempo para ficar parado. E com o time de Murici não pode brincar. Em Campeonato Brasileiro, sempre é o calo no nosso sapato. Temos que vencer para criar alguma gordura já no começo do Campeonato Brasileiro.

Avacoelhada

No próximo sábado, América e Proesp disputam a semifinal da Copa Dadazinho, às 8h30, na Arena Gregorão, em Contagem. Apesar de a competição ser sub-15, vale lembrar que a equipe americana é sub-14. O treinador Fábio Brostel vai selecionar para o confronto Gustavo, Natan, Marcão, Dias, Leo, Rocha, Jordan, Oliveira, Robson, Rafael, Lazaresque, Abdo, Henrique, Douglas, Dudu, Vilmar, Murilo, Vitor, Francis e Renan. Os artilheiros do Coelhãozinho são Henrique, Gustavo, Robson, Lazaresque, Douglas, Marcão, Murilo e Rafael. Os técnicos das seleções de base deveriam acompanhar de perto o desempenho dos atletas fabricados nas categorias americanas. Matheus, um dos melhores goleiros sub-23 do Brasil, nunca foi convocado. O América, clube essencialmente formador e revelador de jovens talentos, aprimora jogadores desde o sub-10 até o sub-20. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave