Após mais de três décadas, Polônia realiza exercícios militares

As atividades acontecem em um momento de conflito entre Ucrânia e Rússia, países que têm territórios fazem fronteira com o páis

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma série de exercícios de segurança em larga escala começaram a ser realizados na Polônia pela primeira vez desde a década de 1970, como parte dos esforços do país em identificar áreas em que as respostas aos cenários que coloquem a população em risco sejam mais eficazes. As atividades acontecem em um momento de conflito entre Ucrânia e Rússia, países que têm territórios fazem fronteira com a Polônia.

Apesar da tensão nos países vizinhos, o ministro do Interior, Bartlomiej Sienkiewicz, disse que os exercícios não têm ligação com o atual conflito na Ucrânia e afirmou que a situação na fronteira com a Polônia é calma. “Naturalmente, há algum tempo a Polônia tem se preparado para os piores cenários”, ressaltou.

Cerca de três mil pessoas - incluindo policiais, exército, bombeiros, médicos e guardas de fronteira - participam por três dias dos exercícios que envolvem 30 cenários fictícios, que variam desde quedas de aeronaves a acidentes radioativos.

Na cidade polonesa de Jasce houve uma simulação de queda de um helicóptero que supostamente carregava explosivos e drogas. O objetivo da simulação é envolver equipes em diversas frentes, desde médicos para auxiliar as vítimas até cães farejadores para encontrar armas, narcóticos e possíveis suspeitos foragidos. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave