Oberdan Cattani deixa unidade coronariana de hospital

Ex-goleiro do Palmeiras, hoje com 94 anos, passou por cirurgia cardíaca há uma semana e recebeu alta nesta quarta-feira

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Oberdan Cattani é o último jogador do Palestra Itália ainda vivo
CLAYTON DE SOUZA/AGÊNCIA ESTADO
Oberdan Cattani é o último jogador do Palestra Itália ainda vivo

Operado há uma semana por causa de um problema cardíaco, Oberdan Cattani, ex-goleiro e um dos maiores ídolos da história do Palmeiras, recebeu alta nesta quarta-feira da unidade coronariana do Hospital Bandeirantes, em São Paulo. Boletim médico divulgado na última manhã confirmou o bom processo de evolução do ex-jogador, hoje com 94 anos de idade.

Oberdan, porém, ainda não ganhou alta do hospital e seguirá em observação no quarto até que seja considerado apto a voltar para casa. O boletim assinado por Mário Lúcio Baptista Filho, diretor clínico do Hospital Bandeirantes, destacou que o ex-atleta "segue em acompanhamento com a equipe de cardiologia coordenada pelo Dr. Heron Rached, mantendo boa evolução clínica".

Há uma semana, Oberdan foi submetido a uma angioplastia coronária com implante de stent bem-sucedida, depois de ter sido internado no último dia 15, quando deu entrada no hospital reclamando de dores no peito, uma angina instável, que poderia levar a um enfarte. Por causa do problema, ele foi submetido a um cateterismo, que detectou lesões coronárias importantes, como uma obstrução na artéria coronária.

Único jogador vivo a ter defendido o Palestra Itália e o Palmeiras, com 351 partidas disputadas pelo clube, o ex-goleiro atuou pela equipe nas décadas de 1940 e 1950. Neste período, o ídolo conquistou cinco títulos do Campeonato Paulista (1940, 1942, 1944, 1947 e 1950), um Torneio Rio-São Paulo (1951) e também a Copa Rio de 1951.

Leia tudo sobre: palmeirasoderbancattanicirurgiacoração