Clésio Andrade desiste de sua candidatura ao governo de Minas

Senador divulgou nota nesta quarta-feira, afirmando que não está mais na corrida

iG Minas Gerais | Larissa Arantes |

Pesquisas não desanimam o senador: vou manter meu nome”
DANIEL IGLESIAS/O TEMPO
Pesquisas não desanimam o senador: vou manter meu nome”

O senador Clésio Andrade (PMDB) divulgou nota nesta quarta-feira (23) anunciando oficialmente sua desistência de concorrer ao governo de Minas Gerais pelo partido em outubro. O PMDB estava dividido entre caminhar com o PT, tendo a vaga de vice e o ex-ministro Fernando Pimentel (PT) como cabeça de chapa, e ter candidato próprio, que seria Andrade. A definição ocorreu nesta terça-feira (22) em almoço fechado para alguns peemedebistas liderados pelo presidente da legenda, deputado federal Antônio Andrade (PMDB) - que defende a composição com petistas e tem seu nome cotado para ser vice na chapa.

A nota cita como principal argumento para a decisão do senador a formação de chapa proporcional para eleição de deputados estaduais e federais, que poderiam aumentar a quantidade de cadeiras a serem conquistadas se fizerem coligação com o PT. “Mesmo tendo certeza da vitória na convenção, preocupado com a eleição de seus amigos parlamentares, deputados estaduais e deputados federais, que precisam de coligação para se reelegerem e, considerando ainda, sua história de vida que sempre foi de construtor de pontes, acata a decisão de ontem, 22 de abril, tomada pela maioria da bancada do PMDB”, diz o texto.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave