Scholes volta ao Manchester United para auxiliar Giggs

Durante anos, dupla fez uma combinação espetacular dentro de campo pelos Red Devils, e agora vão se unir fora das quatro linhas

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Dupla fez uma combinação espetacular dentro de campo pelos Red Devils
Reprodução/Facebook
Dupla fez uma combinação espetacular dentro de campo pelos Red Devils

Aposentado dos gramados desde maio do ano passado, Paul Scholes teve o seu retorno ao Manchester United confirmado oficialmente pelo clube nesta quarta-feira. Desta vez, porém, não será para atuar nas quatro linhas. O ex-jogador foi chamado para ajudar o seu ex-companheiro de time Ryan Giggs a auxiliá-lo na função de novo técnico interino do clube.

Alçado ao posto de treinador, o galês de 40 anos de idade, ainda em atividade como atleta, irá ocupar o cargo até que o Manchester defina a contratação de um novo comandante após a demissão de David Moyes, anunciada na última terça-feira.

Assim como Giggs, Scholes fez história com a camisa do Manchester e defendeu o clube ao longo de toda a sua carreira, depois de ter estreado na equipe profissional em 1993. E na nova função em Old Trafford o ex-jogador ainda terá a companhia de Nicky Butt e Phil Neville, que também auxiliarão o treinador interino neste final de temporada no qual o United sequer terá chances de brigar por uma vaga na próxima Liga dos Campeões da Europa - hoje ocupa a sétima posição do Campeonato Inglês.

Butt e Neville já vinham trabalhando como auxiliares de Moyes, inicialmente contratado para dirigir o Manchester por seis temporadas, mas que não conseguiu completar sequer a primeira no comando, depois de ter substituído o lendário Alex Ferguson.

O quarteto formado por Giggs, Scholes, Butt e Neville somam 2.453 jogos disputados pelo clube, destacou o Manchester por meio de nota publicada em seu site oficial nesta quarta. Juntos, eles tentarão recolocar a equipe nos trilhos para a disputa das últimas quatro rodadas do Campeonato Inglês, no qual o time ainda irá enfrentar Norwich, Sunderland, Hull City e Southampton.

Essa não é a primeira vez, por sinal, que Scholes atenderá um pedido de ajuda do Manchester em um momento complicado. Em janeiro de 2012, depois de ter anunciado sua aposentadoria do gramados em maio de 2011, o ex-meia voltou ao clube a pedido de Ferguson. E seu adeus definitivo aos gramados acabou ocorrendo justamente ao final da temporada passada, após ter ajudado o time a conquistar o 20º título inglês de sua história.