Juliana/Maria Elisa passa pelo qualificatório na China

Dupla venceu dois jogos com facilidade e carimbou passaporte para a chave principal do torneio que abre a temporada 2014 do Circuito Mundial

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Foi tranquila a volta de Juliana para a seleção brasileira de vôlei de praia. Na madrugada desta quarta-feira, pelo qualifying do Open de Fuzhou, na China, a dupla que ela forma com Maria Elisa venceu dois jogos com facilidade e carimbou passaporte para a chave principal feminina do torneio que abre a temporada 2014 do Circuito Mundial de Vôlei de Praia.

Juliana chegou a ser convocada para o primeiro grupo do novo modelo de seleção, mas, não concordando com a proposta, acabou desconvocada. Assim, não jogou o Circuito em 2013. Como volta agora, teve que iniciar o Open no quali, enquanto Talita/Taiana, Ágatha/Bárbara Seixas e Maria Clara/Carol começa, quinta, já na chave principal.

Nesta quarta, Juliana/Maria Elisa estreou vencendo Tilley/Polley da Nova Zelândia, em tranquilos 21/11 e 21/10. Na sequência, novo triunfo, sobre Daley/Vanzwieten, dos Estados Unidos, com 21/10 e 21/9 no placar. Em dois jogos, apenas 57 minutos. Na chave principal, as brasileiras estão no mesmo grupo que Talita/Taiana.

No masculino, o Brasil também teve um dia perfeito. As três duplas que jogam a chave principal venceram dois jogos cada uma e garantiram classificação para as oitavas de final. Evandro/Vitor Felipe, na terça, havia ficado no quali.

Estreando juntos no Circuito Mundial, Emanuel e Pedro Solberg tiveram certa dificuldade, mas venceram Sorokins/Buivids, da Letônia, com parciais de 21/17 e 26/24, e também Dittelbach/Koreng, da Alemanha, com 21/13 e 22/20.

Seus ex-parceiros também não perderam sets. Alison/Bruno Schmidt que também estreia junto no Circuito Mundial, ganhou de Hyden/Bourne (EUA) com 21/16 e 21/18 nas parciais e depois passou por Winter/Petutschnig (Áustria) por 22/20 e 21/16.

Já Ricardo e Álvaro Filho, que voltam a jogar juntos depois de se separarem para o Circuito Brasileiro, só precisaram fazer um jogo, passando por Tiago/Jefferson, dupla brasileira que defende o Catar, com parciais de 20/22, 21/13 e 15/11. Depois, eles não precisaram voltar à quadra porque a dupla Gabathuler/Gerson, da Suíça, se retirou por lesão.

Leia tudo sobre: voleiesportecircuito mundialvolei de praiaqualificatorio