“O acesso à web é um direito básico”

Neelie Kroes Política holandesa- Partido Popular para a Liberdade e Democracia

iG Minas Gerais |

Qual sua opinião sobre o papel do Brasil e de outros países em desenvolvimento na internet? A geopolítica da internet mudou?

Fico muito feliz que países como Brasil, mas não somente o Brasil, e não somente sobre a internet, estão assumindo papéis mais visíveis na governança global. Os Estados Unidos costumavam ter a maioria dos usuários de internet nos anos 80 e 90. Hoje eles são apenas 13% dos usuários. Por isso, é uma questão de justiça e bom senso que a governança envolva mais setores e países.

O que pensa do Marco Civil da Internet? A Europa pode vir a ter uma carta de direitos semelhante?

A União Europeia já possui a Carta de Direitos Fundamentais, mas não faz referência específica sobre a web. A Comissão Europeia e o Parlamento acabaram de votar uma lei que institui o respeito à neutralidade de rede, o que é um avanço. Mas não quero antecipar os resultados dessas propostas. O acesso à internet hoje é um direito básico. Sem conexão você é excluído da sociedade. Não podemos ter duas classes diferentes, baseado no acesso à informação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave