'Folga prolongada' para titulares pode virar problema no Cruzeiro

Marcelo Oliveira tem que definir se utilizará ou não o time titular diante do São Paulo, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Depois de oito jogos em 22 dias, o Cruzeiro terá um intervalo considerável para se ajustar antes de enfrentar o São Paulo, no domingo, às 16h, no Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. 

Se o recesso de partidas pode ser visto como um alento para a Raposa, o tempo ‘ocioso’ também é perigoso. Já que a equipe celeste tem como objetivo se manter entre os primeiros colocados no Campeonato Brasileiro, antes da Copa, e avançar às quartas de final da Copa Libertadores da América, a pausa pode deixar o time principal muito tempo sem entrar em campo.

A última partida dos titulares foi o empate em 1 a 1 com o Cerro Porteño (PAR), no dia 16 de abril, no Mineirão, pela Libertadores. Depois disso, eles foram poupados do duelo com o Bahia, em Salvador, e podem, também, ficar fora do confronto com o São Paulo.

Caso isso ocorra, serão 14 dias até o embate com os paraguaios sem os titulares entrando direto em uma partida oficial. Por isso, o meia-atacante Marlone afirma que a equipe não pode perder o foco durante o descanso.

“Descanso é sempre importante. Vamos descansar, mas, ao mesmo tempo, nos manteremos focados nos jogos que estão por vir. Com certeza, vamos tenta fazer bons jogos para conquistar as vitórias”, declarou.