Ao menos cinco pessoas morreram afogadas durante feriado prolongado

Em dois casos, as vítimas estavam nadando em piscinas de clubes quando submergiram

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Ao menos cinco pessoas perderam a vida em afogamentos em lagoas, rios e piscinas de clubes de Minas Gerais no feriado prolongado da Semana Santa, que contou esse ano com um dia a mais em função do dia 21 de abril. O número foi calculado entre os dias 17 e 22 de abril.  

O caso mais recente foi de um adolescente de 17 anos que se afogou em uma lagoa dentro da fazenda Juarana, na zona rural de Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha, na noite de segunda-feira (21). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o corpo e A.M.S foi encontrado a uma profundidade de oito metros da superfície.     Ainda na segunda-feira, o corpo de João Paulo Pereira dos Santos, de 42 anos, foi encontrado boiando próximo às margens do rio São Francisco, no Norte do Estado.

Já em Santa Luzia, na região metropolitana, a corporação foi acionada na tarde de domingo (20) depois que Felipe Henrique de Oliveira, de 18 anos, que nadava com amigos em um clube do bairro Kennedy  submergiu e não retornar. O jovem foi encontrado sem vida.

Em Januária, no Norte de Minas, uma criança de 7 anos também morreu afogada em um clube, na tarde de domingo. Militares foram acionados por volta das 16h. Eles tentaram reanimar a criança, mas sem sucesso.

No início da tarde de sábado (19) o Corpo de Bombeiros socorreu um senhor de 66 anos vítima de afogamento em um rio de Sabará, na Grande BH. Conforme a corporação, a vítima faleceu durante o deslocamento da viatura ao Hospital Risoleta Neves. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave