Djokovic anuncia que voltará a jogar no Masters de Madrid

Sérvio, que antes disse não saber quando retornaria às quadras por conta de lesão, garantiu que duelará já no início de maio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Novak Djokovic deixa claro que está firme na briga por mais um título do ATP Finals
Divulgação/ATP
Novak Djokovic deixa claro que está firme na briga por mais um título do ATP Finals

Depois de ser derrotado pelo suíço Roger Federer por 2 sets a 0, no último sábado, na semifinal do Masters 1000 de Montecarlo, e revelar que não sabia quando voltaria a jogar por causa de uma lesão no seu punho direito, o sérvio Novak Djokovic anunciou nesta terça-feira que voltará a atuar já no início do próximo mês, em Madri.

O atual vice-líder do ranking mundial confirmou que estará recuperado a tempo de poder jogar o Masters 1000 realizado na capital espanhola, entre 4 e 11 de maio. "Infelizmente, a situação com a lesão é melhor do que inicialmente se imaginava. Médicos me garantiram que estarei pronto para Madri, depois para Roma e Roland Garros, assim como havia sido planejado", avisou o sérvio.

Djokovic, porém, avisou que seguirá em tratamento intensivo para poder ser competitivo nestas competições que fazem parte do giro de saibro do circuito profissional. "Preciso continuar com o processo de recuperação e completo tratamento médico. Isso significa que eu terei uma curta pausa para me recuperar o quanto antes for possível", completou.

Por causa das dificuldades proporcionadas pelas dores no seu punho direito, que o obrigaram a atuar com uma atadura no local em Montecarlo, Djokovic precisou jogar mais de duas horas para despachar o espanhol Guillermo García-López nas quartas de final do Masters 1000 local. Em seguida, porém, não teve condições de ser competitivo o suficiente para superar Federer nas semifinais.

Leia tudo sobre: tenisdjokovicretornoquadras