Leva coronhadas, é baleado e morre

Jovem de 22 anos foi agredido na cabeça, tentou correr, mas foi atingido por 9 tiros

iG Minas Gerais | José Augusto |

Jovem foi morto na rua Antônio Dias, no bairro Industrial São Luiz
FOTO: MOISES SILVA / OTEMPO
Jovem foi morto na rua Antônio Dias, no bairro Industrial São Luiz

Um jovem de 22 anos foi morto após ser agredido com coronhadas na cabeça e depois ser baleado na noite de anteontem no bairro Industrial São Luiz, em Betim, na região metropolitana.

Segundo a Polícia Militar, Leonardo da Silva estava com um amigo. Quando ficou sozinho, um homem, ainda não identificado, chegou armado e começou a agredir o jovem com coronhadas na cabeça. Silva, então, tentou fugir do agressor, mas foi baleado. “A vítima tentou fugir e entrou na casa de um dos moradores da região, que saíram correndo com medo”, informou a PM.

O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu na varanda da residência. Ainda de acordo com a PM, o autor do crime fugiu em um carro escuro que estava parado na rua dando cobertura.

Silva levou nove tiros em várias partes do corpo, além de diversos cortes na cabeça causados pelas coronhadas. Conforme a polícia, ele tinha passagem por tráfico.

Moradores da região, que é conhecida como Favela do Buracão, não quiseram comentar o crime. A motivação do homicídio é desconhecida, e ninguém foi preso.

Mistério

A morte de outro homem no fim da tarde de anteontem continua sendo um mistério. Segundo a polícia, a vítima, que não teve o nome divulgado, morreu após dar entrada com um ferimento na cabeça na Unidade de Atendimento Imediato (UAI) Sete de Setembro. Entretanto, as causas do homicídio ainda são desconhecidas, assim como o local correto em que o homem foi agredido.

Os crimes serão investigados pela Delegacia de Homicídios.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave