Estudantes protestam durante a entrega das medalhas da Inconfidência

Aparato policial foi montado para conter os manifestantes; moradores também reclamaram do fechamento da praça Tiradentes e da restrição do acesso às ruas próximas do local

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

POLITICA : OURO PRETO - MG . Medalha da Inconfidencia Mineira homenageia 240 pessoas e instituicoes . Manifestacao na Praca de Ouro Preto
FOTO : JOAO GODINHO / O TEMPO 21.04.2014
JOAO GODINHO / O TEMPO 21.04.201
POLITICA : OURO PRETO - MG . Medalha da Inconfidencia Mineira homenageia 240 pessoas e instituicoes . Manifestacao na Praca de Ouro Preto FOTO : JOAO GODINHO / O TEMPO 21.04.2014

Um grupo de cerca de 50 estudantes protestou e vaiou durante todo a cerimônia de entrega das medalhas da Inconfidência, realizada nesta segunda-feira (21), em Ouro Preto, na região Central do Estado. O barulho era notado no palanque, sem arrancar reações do senador Aécio Neves e demais autoridades. Durante a manifestação, os jovens colocaram uma carreira de farinha no meio da rua.

Só convidados e pessoas cadastradas puderam assistir a cerimônia. Um forte aparato policial foi montado para evitar manifestantes. "É um absurdo. Os seguranças não nos deixam passar e ferem o nosso direito de ir e vir. Não justificam nada, só dizem que não podemos passar", disse o estudante Fernando Silva, de 25 anos.

"Isso e uma ditadura. Estão com medo de ouvir protestos. A praça é do povo e não pode ser fechada para ele" disse uma outra jovem que não quis se identificar por dizer que o movimento não tinha liderança.

Excluídos da festa, muitos moradores também reclamaram do fechamento da praça Tiradentes e do esquema de restrição de acesso as ruas próximas ao local do evento.

A dona de casa Maria Das Graças Silva, de 54 anos, reprovou o esquema que limitou o acesso da comunidade às proximidades do evento. "Tive que andar mais de 20 minutos a mais para chegar à minha casa. Se é um evento popular, não deveria ter tanta restrição", afirmou a moradora.

Leia tudo sobre: protestoestudantesmedalhainconfidência