Da picada aos primeiros sintomas

Período de incubação do vírus da dengue pode demorar de 2 a 7 dias para se manifestar no organismo

iG Minas Gerais | Da redação |

Período de incubação do vírus da dengue pode durar de 2 a até 15 dias
STOCKXPERT/ARQUIVO
Período de incubação do vírus da dengue pode durar de 2 a até 15 dias

A dengue é uma doença causada por um arbovírus, transmitido de uma pessoa à outra por meio de um hospedeiro intermediário, o mosquito Aedes aegypti. Esse inseto pode picar um indivíduo a cada 20 ou 30 minutos e tem o poder de se multiplicar em depósitos de água parada, acumuladas principalmente nos quintais e dentro das casas. Já os ovos do mosquito podem sobreviver um ano em ambiente seco, enquanto esperam o período de chuvas para formar novas larvas.

Quando o Aedes aegypti pica uma pessoa que já está infectada, o vírus se instala em seu organismo e se prolifera em suas glândulas salivares e intestino. A partir de então, o mosquito permanece infectado pelo resto de sua vida que dura, em média, 30 dias. O período entre o ato da picada e o aparecimento dos primeiros sintomas da doença é conhecido como período de incubação. Geralmente, ele demora de 2 a 7 dias para se manifestar, mas pode chegar até 15 dias.

Segundo especialistas, a maioria das infecções é assintomática, sendo que em cada dez pessoas infectadas apenas uma ou duas ficam doentes. O curioso é que a intensidade dos efeitos geralmente é mais leve em crianças do que em adultos. Febre, manchas vermelhas sobre a pele, cefaléia, insônia, náuseas, perda de apetite são os sintomas mais frequentes. Muitos pacientes também se queixam de dor ao movimentar os olhos, cansaço extremo e fraqueza muscular generalizada.

De acordo com profissionais da área da saúde, na forma hemorrágica, os sintomas são semelhantes, mas a doença é muito mais grave, por causa das alterações da coagulação sanguínea. Pequenos vasos podem sangrar na pele e nos órgãos internos, surgindo hemorragias nasais, gengivais, urinárias, gastrointestinais ou uterinas. Como o leito dos capilares se dilata, a pressão arterial pode baixar, dando origem à tontura, queda, choque e, em raríssimos casos, à morte.

Leia tudo sobre: denguemosquitoincubaçãoministério da saúdeperíododoença