Vagner Mancini vê Botafogo 'sem alma' em 1º tempo de derrota

Derrota para o São Paulo foi marcante; 3 a 0 na estreia de Vagner Mancini e no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro 2014

iG Minas Gerais | agência estado |

Vagner Mancini escolheu os 20 primeiros minutos do Botafogo como cruciais para a derrota
Divulgação/Botafogo
Vagner Mancini escolheu os 20 primeiros minutos do Botafogo como cruciais para a derrota

O técnico Vágner Mancini não poupou críticas ao Botafogo na derrota por 3 a 0 para o São Paulo, domingo, que marcou sua estreia no comando da equipe. O treinador não gostou nada de como seus comandados entraram e campo e disse que o time não teve alma no primeiro tempo, quando tomou dois dos três gols. "De uma maneira geral, o time não foi bem, acabou sendo derrotado muito pelo que fez no primeiro tempo, nos primeiros 20 minutos. Foi uma equipe que entrou desatenta, marcando de longe, não teve posse de bola, sem alma, o que mais me preocupou", declarou. Apesar do resultado adverso e do futebol pobre apresentado em campo, o treinador viu pontos positivos na partida. Ele ressaltou a evolução botafoguense no segundo tempo, quando mudou o sistema de jogo, colocou Bolatti e Zeballos nas vagas de Jorge Wagner e Wallyson, e a equipe cresceu. "Ao longo do segundo tempo a gente tem que dizer que o time melhorou, e muito. Era um esquema de jogo que nunca havia feito. E eu tenho pouco tempo de trabalho, apenas quatro dias, o que é muito pouco para se exigir uma mudança radical. Mas a mudança significativa que eu vejo no segundo tempo em relação ao primeira foi que houve uma entrega muito maior", avaliou.