Enderson minimiza pressão no Grêmio e já mira confronto de quarta

Com campanha invejável na Libertadores, time gaúcho está em crise após perder o Estadual e ser derrotado na estreia do Campeonato Brasileiro

iG Minas Gerais | agênca estado |

Ederson Moreira destacou que o Grêmio precisa se preocupar com duelo diante do San Lorenzo
Divulgação/Grêmio
Ederson Moreira destacou que o Grêmio precisa se preocupar com duelo diante do San Lorenzo

O Grêmio foi do céu ao inferno em menos de um mês. De uma equipe confiante, que garantiu a segunda melhor campanha da Libertadores mesmo no "grupo da morte", passou a ser criticada pelo torcedor com a perda do título gaúcho para o rival Internacional, principalmente após a goleada por 4 a 1 na segunda partida da final. A pressão cresceu com a derrota na estreia do Brasileirão, para o Atlético-PR, domingo, mas o técnico Enderson Moreira minimizou. "A pressão é coisa normal para mim, todo mundo tinha dúvida se a gente teria condições de comandar a equipe em um ano importante, com Libertadores. É natural, quando se perde o culpado tem que ser o treinador, e a responsabilidade é toda minha. Mas o time reagiu, tentou o resultado, criou oportunidades claras de gol. Estreia de campeonato é sempre difícil, o Atlético-PR é uma equipe jovem, que se dedica o tempo todo. Buscamos o resultado o tempo todo, mas infelizmente não aconteceu", declarou. Apesar da derrota, Enderson mostrou confiança em seus comandados já para o jogo de quarta-feira, quando o Grêmio inicia a disputa das oitavas de final da Libertadores diante do San Lorenzo na Argentina. Mais do que isso, o técnico pediu que os torcedores gremistas também confiem e apoiem a equipe. "Tivemos um grupo difícil na Libertadores, conseguimos chegar com a segunda maior campanha e estamos em aberto nesta competição. Precisamos do nosso torcedor, que eles acreditem, incentivem. As cobranças são normais, todo mundo quer vencer, mas a gente sabe que nem sempre é possível. O importante é continuar tentando para que possamos buscar um resultado já na quarta, na Argentina", afirmou.

Leia tudo sobre: gremioederson moreira