Eduardo Campos se diz contrário ao aborto

O candidato do PSB fez a afirmação no Santuário de Aparecida, em São Paulo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Eduardo Campos faz selfie durante inauguração do Parque Urbano da Maxeira, no bairro de Apipucos, no Recife
GUGA MATOS
Eduardo Campos faz selfie durante inauguração do Parque Urbano da Maxeira, no bairro de Apipucos, no Recife

O candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB) afirmou na manhã deste domingo (20), em visita ao Santuário de Aparecida, em São Paulo, que é contra o aborto. Segundo ele, a legislação brasileira é adequada para o assunto e não deve ser alterada. "Acho que minha posição como cidadão é a de todos. Não conheço ninguém que seja a favor do aborto", afirmou Campos, ao ser perguntando sobre o assunto por jornalistas.

Visivelmente constrangido por ter que falar sobre o tema ao lado do cardeal dom Raymundo Damaceno, Campos tentou desconversar. "A legislação brasileira já é adequada. Ela já prevê as circunstâncias e os casos e eu não vejo razão para que se altere exatamente a legislação que o Brasil já tem", disse Campos.

O provável candidato do PSB participou pela primeira vez da missa de Páscoa no Santuário Nacional de Aparecida. Na área reservada para autoridades no altar, Campos rezou e cumprimentou o provável candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, também presente. Campos acompanhou toda cerimônia ao lado da mulher Renata e do filho recém-nascido Miguel.

Depois da missa, Campos e o restante da família foram até a casa do arcebispo de Aparecida para um café. Questionado por jornalistas sobre eleições, Campos disse que não trataria do assunto por ser domingo de Páscoa. "Hoje é dia de Páscoa. Vamos ter o ano todo para conversar sobre isso", finalizou.

Leia tudo sobre: EDUARDO CAMPOSABORTOSÃO PAULO