Obina celebra fim do jejum de gols e exalta qualidade do plantel

Ponto conquistado fora de casa também foi valorizado pelo atacante alviverde; regularidade longe do Independência será fundamental para o acesso

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

No duelo frente ao Vasco, realizado nesse sábado, em São Januário, o atacante Obina reencontrou o caminho das redes. Foi dele o gol que selou o empate americano na estreia do Campeonato Brasileiro da Série B. Conhecido em todo o Brasil graças a sua fama de goleador, Obina não sabia o que era balançar as redes desde a fase de classificação do Campeonato Mineiro.

“Na estreia é sempre bom conseguir um resultado importante. E quebrar um jejum ajudando a equipe é melhor ainda. Mas as cada dia temos que 'matar um leão', para continuar na equipe", afirmou o jogador, que também destacou a qualidade do plantel alviverde, reforçado com as chegadas de Júnior Negão e Mancini. 

"Agora estamos com um grupo mais qualificado, a concorrência aumenta e não podemos nos descuidar. Mas independentemente de quem tenha feito o gol, o importante foi a nossa dedicação em correr atrás do resultado", disse.

O ponto conquistado fora de casa também foi exaltado por Obina. A regularidade longe do Independência será fundamental para que o América conquiste o acesso à primeira divisão.

“Quando estive na equipe do Flamengo sempre fiz gols no Vasco. O mais importante é que consegui fazer o gol. Lógico que não fico totalmente satisfeito, porque sei que poderíamos ter vencido. Mas, nesta Série B, é importante fazer um bom resultado fora de casa”, concluiu.

Pela Série B, o América volta a campo no próximo sábado, às 21h (de Brasília). Dentro do Independência, a equipe recebe o Ceará, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. 

Leia tudo sobre: américacoelhoobinacampeonato brasileirosérie bvasco