Arthur Zanetti comemora ouro com melhor nota da carreira

Ginasta atingiu 16.000 pontos, aumentando ainda mais a superioridade que já demonstra nas provas de argola

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Hoje, nenhum atleta é capaz de atingir a mesma pontuação de Arthur Zanetti
Site oficial/Divulgação
Hoje, nenhum atleta é capaz de atingir a mesma pontuação de Arthur Zanetti

Campeão olímpico e mundial, Arthur Zanetti alcançou mais um feito inédito na carreira neste domingo. Competindo no Meeting de Ginástica Artística, chegou à melhor nota da sua história, com 16.000 pontos, aumentando ainda mais a superioridade que já demonstra nas provas de argola. Hoje, nenhum atleta é capaz de atingir a mesma pontuação.

"O ginásio estava lotado e é importante sentirmos todo esse carinho do público. Essa competição em casa é uma espécie de treino para nós, já que os próximos Jogos Olímpicos serão no Brasil. O Meeting de Santos ficará marcado para mim, pois conquistei a minha maior nota nas argolas na minha carreira até o momento. Espero melhorá-la ainda mais para aumentar minhas chances em outras competições", comentou Zanetti. O brasileiro tinha 15.925 pontos como sua melhor nota, alcançada em uma da Copa do Mundo, em Ghent (Bélgica), em 2012, antes do ouro olímpico em Londres/2012.

Em Santos, o Brasil também teve ouro para Diego Hypolito, que venceu no salto com 14.950. No solo veio prata, uma vez que o primeiro lugar ficou com Kristian Thomas, da Grã-Bretanha. Sergio Sasaki ganhou na barra fixa. Além de brasileiros e britânicos, a competição também contou com a seleção francesa.

No feminino, a concorrência foi menor e o Brasil garantiu ouro e prata em todos os aparelhos. Jade Barbosa ganhou no salto e nas barras assimétricas, enquanto Daniele Hypolito levou a melhor na trave e no solo.