Ex-boxeador Rubin "Hurricane" Carter morre aos 76 anos

Lutador favorito ao cinturão dos pesos médios faleceu em função de um câncer de próstata; sua história de vida inspirou o guitarrista Bob Dylan e o clássico filme "The Hurricane"

iG Minas Gerais | Da redação |

Sua história causou comoção mundial e serviu de inspiração o filme
Reprodução
Sua história causou comoção mundial e serviu de inspiração o filme "The Hurricane", com Denzel Washington como protagonista
  O ex-boxeador americano Rubin "Hurricane" Carter, de 76 anos, faleceu na tarde deste domingo, 20, em função de um câncer de próstata. O óbito foi confirmado quando ele estava dormindo em sua casa, na cidade de Toronto, no Canadá.    Favorito ao cinturão dos pesos médios e por uma própera carreira de lutador nos ringues, o ex-pugilista foi preso injustamente e cumpriu pena por cerca de 20 anos pela acusação de cometer triplo homicídio em Nova Jersey, nos Estados Unidos, em junho de 1966.Além de ser condenado sem provas, sua prisão teria sido motivada por racismo. Ele, inclusive, perdeu a visão de um dos olhos durante o período em que esteve atrás das grades. Carter só conquistou sua liberdade em 1985 com a retirada do processo e a anulação da pena após uma intensa campanha a favor de sua verdadeira inocência.    Sua história causou comoção mundial e serviu de inspiração para a música "Hurricane", do cantor e compositor Bob Dylan, o filme "The Hurricane" ("Hurricane - O Furacão"), com Denzel Washington como protagonista, e ainda uma série de livros.