Em terceiro, Fernando Alonso dedica pódio a ex-chefe da Ferrari

Para o piloto espanhol, tudo que o time italiano conseguir conquistar até julho será mérito do trabalho desenvolvido por Stefano Domenicali

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Fernando Alonso, contudo, evitou qualquer empolgação com o resultado deste domingo
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/LEWIS HAMILTON
Fernando Alonso, contudo, evitou qualquer empolgação com o resultado deste domingo

Fernando Alonso dedicou o primeiro pódio da Ferrari na temporada a Stefano Domenicali, chefe de equipe demitido na semana passada. Para o piloto espanhol, tudo que o time italiano conseguir conquistar até julho será mérito do trabalho desenvolvido pelo ex-chefe, substituído por Marco Mattiacci.

"Acho que o pódio deve ser dedicado a Stefano, assim como tudo que fizermos até julho. Será resultado dos seus esforços", disse o espanhol, que liderou a equipe no melhor fim de semana da temporada até agora. Na sexta, Alonso chegou a ser o mais rápido do primeiro treino livre. Depois deixou para trás a Mercedes de Nico Rosberg.

Neste domingo, ele manteve o bom momento ao deixar para trás os carros da Red Bull, que largaram em sua frente, e se aproximou de Rosberg durante a prova. "Nós com certeza demos um passo à frente, principalmente se compararmos com a última etapa. Conseguimos reduzir um pouco a diferença para os líderes", disse referindo-se a Lewis Hamilton e ao próprio Rosberg.

O piloto, contudo, evitou qualquer empolgação com o resultado deste domingo. "Estamos cientes de que ainda há um longo caminho pela frente e temos que manter o pé no chão. Não podemos prometer nada para Barcelona", projetou o espanhol. Ele correrá em casa daqui a três semanas, no GP da Espanha, em 11 de maio. "Em termos de resultado, temos que nos manter bem calmos."

Leia tudo sobre: ferrarialonsogp da chinapódioStefano Domenicali