Wawrinka surpreende Federer e leva título em Montecarlo

Atual número três do mundo, tenista suíço levantou um troféu deste nível pela primeira vez na carreira

iG Minas Gerais | agência estado |

Wawrinka celebra sétimo título no circuito profissional em sua carreira
Instagram/Reprodução
Wawrinka celebra sétimo título no circuito profissional em sua carreira

Em um duelo de suíços, Stanislas Wawrinka surpreendeu neste domingo ao derrotar o compatriota Roger Federer, de virada, por 2 sets 1, com parciais de 4/6, 7/6 (7/5) e 6/2, e conquistar o título do Masters 1000 de Montecarlo em uma final que durou 2h13min.

Atual número três do mundo, Wawrinka levantou um troféu deste nível pela primeira vez na carreira, três meses depois de conquistar o maior título de sua carreira, o Aberto da Austrália primeiro Grand Slam do ano, em janeiro.

Aos 29 anos, o campeão chegou ao seu sétimo título no circuito profissional. Neste ano, foi a terceira conquista, depois de brilhar em Melbourne e em Chennai, na Índia. Wawrinka brilhou em um Masters depois de ser vice duas vezes, em Roma (2008) e Madri (2013).

O triunfo deste domingo foi construído a partir do segundo set, depois de uma atuação de pouco brilho na primeira parcial. Wawrinka se mostrou superior nos pontos decisivos, principalmente no tie-break, e contou com as oscilações do backhand de Federer para buscar a virada.

Ao todo, o campeão cravou 33 bolas vencedoras, a maior parte no último set, contra 21 de Federer. E falhou menos: foram 34 erros não forçados, contra 38 do recordista de títulos de Grand Slam.

A final teve início equilibrado neste domingo, com uma chance de quebra desperdiçada por cada tenista. O primeiro break point só foi confirmado no quinto game, quando Federer abriu 3/2, encaminhando a vitória na parcial.

A reação de Wawrinka foi rápida. Logo no segundo game da set seguinte ele devolveu a quebra e fez 2/0. Federer, no entanto, devolveu a quebra na sequência. E o duelo, parelho novamente, precisou ser definido no tie-break, com superioridade de Wawrinka.

Embalado, ele não deu chances a Federer no último e decisivo set. Faturou duas quebras de saque em sequência e abriu 4/0. Desanimado, Federer praticamente não esboçou reação. E venceu dois games antes de ver o amigo e adversário cravar o título.

Com o revés, o vice-campeão ampliou sua sequência negativa de derrotas em finais nesta temporada. Já são três, contando ainda com o Masters de Indian Wells e o ATP 250 de Brisbane. Seu único título no ano foi obtido no ATP 500 de Dubai.

Leia tudo sobre: têniswawrinkatorneio de montecarlo