Ruas de Ouro Preto ganham decoração especial para celebrar a Páscoa

Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram

iG Minas Gerais | LUCIENE CÂMARA |

Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO; Tapete de serragem é tradição na cidade e estimula a criatividade dos moradores, que pintam e customizam o material nas ruas em frente aonde moram. Foto: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO;

Na madrugada deste domingo (20) em Ouro Preto, na região Central de Minas, os fiéis ainda descansavam para a missa de Páscoa, mas o chão do centro histórico já estava coberto de fé. Antes de dormirem, moradores da cidade deixaram pronto nas ruas um imenso tapete feito de serragem para a procissão que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Poucas horas depois, as imagens se apagaram com a caminhada de milhares de religiosos, mas a tradição se manteve firme entre os participantes.

Eles começaram a decorar as ruas por volta das 20h do sábado (19) e só terminaram por volta das 3h. Durante a montagem, famílias inteiras saíram as ruas, cada uma responsável por preencher o pedaço de rua em frente ao seu imóvel. A prefeitura distribuiu a serragem colorida, que era pouca perto da criatividade de muitos moradores. Para completar os desenhos, muitos buscaram seu próprio material e usaram de outros elementos, como cascas de arroz, pó de gesso, borra de café, raspa de couro, tecido e flores.

O cenógrafo Rodrigo Câmara, 36, passou uma semana planejando tudo e usou quase todos os materiais a que tinha direito. Em frente à casa de sua mãe, ele fez janelas douradas que chamaram a atenção pelo brilho. “Não usei formas, preferi um desenho mais livre, feito a mão”, disse Câmara.

Ele contou que desde os cinco anos de idade participa da montagem de tapetes multicoloridos em Ouro Preto e que agora traz as sobrinhas para repassar a tradição.

Juntos, os moradores decoraram cerca de 4 km em mais de dez ruas. A missa começou às 7h da manhã, na Basílica do Pilar, e ao menos 6 mil fiéis participaram depois da procissão, segundo organizadores da Igreja Católica. Já a Guarda Municipal estimou em 10 mil o número de pessoas. 

Leia tudo sobre: páscoaouro preto