Prefeito não deverá apoiar Heringer

iG Minas Gerais |

A ala socialista que se inclina a apoiar a candidatura do tucano Pimenta da Veiga ao governo de Minas não acredita que o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, apoie o ambientalista Apolo Heringer.

O deputado estadual Antônio Lerin (PSB) entende que Lacerda também será grato ao PSDB. “Acho que Apolo Heringer é um patrimônio, uma grande figura, mas temos que entender que o PSDB ajudou muito o PSB aqui. O Marcio Lacerda, por exemplo, foi eleito com apoio de Aécio Neves e de Anastasia. Precisamos retribuir, e Lacerda sabe disso”, explicou.

Para José Fernando Aparecido (Rede), lançar uma candidatura não implica apoio automático de correligionários. Para ele, sua candidatura ao governo do Estado pelo PV, em 2010, é o maior exemplo. “Eu fui candidato ao governo em 2010 pelo PV e não tive apoio dos prefeitos da legenda. Sabemos que o governo do Estado tem grande influência nas decisões regionais. É assim em todos os partidos”, argumentou.

O deputado estadual Luiz Humberto Carneiro (PSDB) acredita que sua legenda e o PSB caminham para uma aliança em Minas. “Temos um convívio muito bom no Estado e, no plano nacional, a proximidade tem ficado maior. Pernambuco é um exemplo”, analisou. (GR)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave