Neymar admite 'medo', mas diz que volta em três semanas

Atacante sofreu segunda contusão em três meses e espera estar em campo na última partida do Barça pelo Espanhol, contra o Atlético de Madrid

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Processo alega que custo de Neymar foi maior que os 57 milhões de euros anunciados pelo Barça
Associated Press
Processo alega que custo de Neymar foi maior que os 57 milhões de euros anunciados pelo Barça

Contundido pela segunda vez em três meses, Neymar afirmou na noite de sexta-feira que a recuperação deve ocorrer em três semanas. A intenção do jogador é entrar em campo no próximo dia 18, na última partida do Barcelona no Campeonato Espanhol, contra o Atlético de Madrid.

"Sabia que seria um período meio largo, mas sempre com aquele medinho... Primeiro de ficar fora, que eu não gosto de jeito nenhum. E depois, claro, a Copa. Mas daqui a três semanas estarei de volta e espero que possa jogar o último jogo do Barcelona", disse o craque brasileiro à TV Globo.

Segundo Neymar, a inflamação no pé esquerdo já existia há algum tempo. No jogo contra o Real Madrid, disputado na última quarta-feira, pela Copa do Rei, o jogador entrou em campo no sacrifício. "O máximo que eu consegui foi ir até esse jogo. Incomodou bastante, tanto que eu mal conseguia pisar depois do jogo. Agora é recuperar", afirmou.

O atacante também falou sobre a Copa do Mundo - a apresentação à seleção brasileira ocorrerá no dia 26 de maio. "Com apetite eu estou sempre, ainda mais para uma Copa. Força de vontade, gana para jogar a Copa não vai faltar, não", disse Neymar, que se recupera de um edema no quarto metatarsiano do pé esquerdo.

Antes do Mundial, cuja estreia será no dia 12 de junho, o Brasil fará duas partidas, contra o Panamá, no dia 3 de junho, no Serra Dourada, e a Sérvia, no dia 6, no Morumbi. Os amistosos marcam a reta final da preparação brasileira.

Leia tudo sobre: barcelonaespanholneymarlesãoatlético de madridcopa do mundo