Campanha do Spurs anima Splitter no início dos playoffs

Equipe do Texas chegou a emendar 19 vitórias seguidas nesta temporada e terminou com 62 triunfos e 20 derrotas

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Enquanto negocia a permanência nos Spurs, Splitter não poderia contar com um seguro
REPRODUÇÃO/NBA
Enquanto negocia a permanência nos Spurs, Splitter não poderia contar com um seguro

Depois de 82 jogos para cada equipe durante a temporada, a NBA chega à esperada fase de playoffs. Neste sábado serão disputados os primeiros quatro jogos, mas para o brasileiro Tiago Splitter os duelos decisivos só começam no domingo. Seu San Antonio Spurs cravou a melhor campanha de toda a temporada e agora duela com o Dallas Mavericks como favorito não só para o confronto, mas também para o título da Conferência Oeste e até mesmo da liga.

O Spurs chegou a emendar 19 vitórias seguidas nesta temporada e terminou com 62 triunfos e 20 derrotas, na ponta do Oeste. O retrospecto empolga Splitter para os playoffs. "A campanha nos deixa animados, com vontade de jogar e mostrar nosso potencial. Mas respeitamos as demais equipes e sabemos que não vai ser fácil", declarou Splitter, em entrevista por e-mail à Agência Estado.

A cada ano que passa, o brasileiro ganha mais importância em um elenco que tem como líderes os astros Tim Duncan, Tony Parker e Manu Ginóbili. O atual momento é um dos melhores da carreira de Splitter, que agora só pensa em ajudar o time texano a fazer uma grande campanha nos playoffs. "Faço parte de um dos times mais vitoriosos da historia da NBA. É uma honra jogar no Spurs. Espero ajudar nosso time a chegar longe nos playoffs", projetou.

O grande sucesso do San Antonio Spurs não se restringe à campanha deste ano e pode ser ligado a um nome: Gregg Popovich. Desde que assumiu o comando do time, em 1996, o treinador ficou de fora dos playoffs em apenas uma ocasião - justamente na temporada 1996/1997. Sob seu comando, o Spurs conquistou quatro títulos e revolucionou a NBA com um novo estilo de jogo, sempre com Duncan, Parker e Ginóbili como pilares.

"Ele (Popovich) teve na mão jogadores como Duncan, Parker e Ginóbili, que ajudaram muito. Mas a forma que ele tem de ver o basquete e lidar com seus jogadores é extraordinária", elogiou Splitter. "A mentalidade do time é diferente, sempre um passe a mais, sempre o coletivo na frente do individual. E jogando dessa forma é mais fácil de ganhar."

De fato a maneira de jogar do Spurs tem se mostrado eficaz. Mesmo com o envelhecimento de suas principais estrelas e sem contratações bombásticas, a equipe se mantém entre as melhores ano após ano. E nem mesmo este desgate do veterano elenco preocupa Spliter para o futuro. "Não preocupa. Tentamos viver o momento e pronto. Os jogadores são experientes e o Popovich cuida muito bem deles durante a temporada, com treinos específicos e menos minutos de quadra que o resto das estrelas da NBA."

Sobre o próprio futuro, Splitter não planeja mudanças. Feliz em San Antonio, o pivô assinou no início da temporada um novo contrato até 2017, e deseja cumpri-lo. O que acontecerá depois disso, no entanto, está em aberto. "É muito cedo para falar, gosto demais daqui. Quero pelo menos acabar meu contrato com o Spurs. Depois disso, vou analisar a situação e decidir o melhor para mim e minha família."

Se Splitter e o San Antonio Spurs só entram quadra no domingo, os playoffs da NBA começam neste sábado com quatro partidas: Toronto Raptors x Brooklyn Nets, Los Angeles Clippers x Golden State Warriors, Indiana Pacers x Atlanta Hawks e Oklahoma City Thunder x Memphis Grizzlies. No domingo, além de Spurs x Mavericks, acontecerão três jogos: Miami Heat x Charlotte Bobcats, Chicago Bulls x Washington Wizards e Houston Rockets x Portland Trail Blazers.

Leia tudo sobre: NBAbasquetesan antonio spurssplitterplayoffs