Uma montagem que perdura

Criada há 14 anos, versão de “Os Saltimbancos” de Raimundo Farinelli volta ao cartaz

iG Minas Gerais | Vinícius Lacerda |

Tempo. Agora encenada pela Cyntilante, a montagem de Farinelli estreou há 14 anos
Cynthia Dias
Tempo. Agora encenada pela Cyntilante, a montagem de Farinelli estreou há 14 anos

Entre as características que fazem de um clássico um clássico, a capacidade de manter o interesse do público depois de anos de publicação está no topo da lista. Essa situação acontece com o musical infantil “Os Saltimbancos”, cuja montagem da Cyntilante Produções está em cartaz amanhã, no Teatro Bradesco. Com letras originais do italiano Sergio Bardotti (1939-2007) e músicas do argentino Luiz Enríquez Bacalov, o espetáculo ganhou notoriedade no Brasil com a tradução de Chico Buarque e com a montagem de 1977, que contava no elenco com Marieta Severo, Miúcha, Pedro Paulo Rangel e Grande Otelo.

Há 14 anos, porém, a peça ganhou uma versão dirigida por Raimundo Farinelli. “Estreamos numa agência de carros”, lembra o diretor. De lá para cá, a peça foi encenada em diversos palcos do país. “Desde de que estreou sempre foi muito corrido e nunca paramos”, diz. A frequência de apresentações é fruto não só da consistência da equipe mas também das interferências bem-sucedidas. “Inserir o sapateado na peça, coreografia do Eurico Justino, foi algo inédito”, diz Farinelli.

Embora as mudanças sejam parte fundamental da montagem, as características intrínsecas à peça também garantem o interesse das crianças. “Às vezes, elas são ainda muito pequenas para entender o significado da história, mas entendem que ali há algo sendo contado”, analisa.

Agenda

O Que. “Os Saltimbancos”

Quando. Amanhã, às 16h

Onde. Teatro Bradesco (rua da Bahia, 2.244, Lourdes)

Quanto. R$ 20 (inteira)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave