"Nobilissimo!"

Dois pontos concentraram o foco na design week milanesa: primor e conforto

iG Minas Gerais | Da redação |

Chique. Luminárias e almofadas da Missoni traduzem atmosfera mágica
PRODOMO DESIGN/ DIVULGAÇÃO
Chique. Luminárias e almofadas da Missoni traduzem atmosfera mágica
A edição 2014 do Salão do Móvel de Milão surpreendeu os cerca de 400 mil visitantes que lotaram as ruas e galpões da cidade italiana em busca de design e tendências de decoração. Considerado “o” lugar para empresas de diversas partes do globo mostrarem seus lançamentos e fazerem negócios, estima-se que a semana de design de Milão tenha movimentado 50 milhões de euros em toda a cadeia de produção moveleira.    Encerrado há uma semana, o salão mostrou que, em virtude do rigoroso inverno vivido na Europa meses atrás, há uma inclinação para se tornar os ambientes mais quentes e aconchegantes, e a textura escolhida para tal foi a madeira. A construção dos móveis, em especial para os quartos e ambientes íntimos, é feita com cores e desenhos de madeira natural.    O que se viu Tons neutros reinaram em móveis, estofados e tapetes e, em termos de design, as linhas retas, sem entalhes ou detalhes coloridos, apenas nichos quadrados e gavetas embutidas – transformando o visual em algo absolutamente clean e deixando o destaque exclusivamente na textura – prevaleceram no design de mobiliário.   Uma vez que os móveis apresentam uma tendência um tanto quanto conservadora, com desenhos e texturas sóbrias, o destaque e o diferencial para cada ambiente ficaram mesmo por conta dos complementos, tais como abajures, luminárias, vasos, cadeiras e poltronas. De assentos coloridos a luminárias brilhantes, prateadas e douradas, ou ainda de vasos em acrílico colorido a bancos e cadeiras em laca brilhantes, a 52º edição do Salão de Milão decretou que os acessórios da casa são a bola da vez.