Bom humor e boa carne

Para uma semana de descanso em Buenos Aires, sete parrillas imperdíveis e um roteiro inspirado em personagens de quadrinhos

iG Minas Gerais | Eduardo Maia |

A personagem Mafalda, criada por Quino é uma contestadora nata.
Eduardo Maia/Agência O GLOBO
A personagem Mafalda, criada por Quino é uma contestadora nata.

Buenos Aires, que em abril já não tem o forte calor do verão nem o frio cortante do inverno, é uma opção sempre confiável para passar os sete dias de descanso que vêm pela frente.

Ainda mais quando o aniversário de uma das portenhas mais famosas inspira um roteiro pelo bairro mais tradicional da cidade. No ano do cinquentenário de Mafalda, San Telmo merece uma atenção especial.

A partir da esquina das “calles” Chile e Defensa, onde a personagem de Quino posa pacientemente para fotos com fãs de todo o mundo, é possível descobrir detalhes de um bairro que consegue ser aconchegante tanto para turistas quanto para moradores, que têm a boemia mais portenha como vizinha. E também seguir outros muitos personagens clássicos do fértil mundo dos quadrinhos e tirinhas argentinos, que forma o Paseo de la Historieta até o Museu do Humor, um dos programas mais interessantes e menos badalados de Buenos Aires.

Visitar a cidade em 2014 é também imaginar o que Mafalda estaria achando das obras que transformaram o Microcentro em um canteiro de obras ou da inflação, que elevou os preços a níveis quase cariocas.

Uma semana na capital argentina também convidam a outro interessante roteiro: sete das parrillas imperdíveis na capital argentina. Da inovadora La Cabrera, que de tanta fila na porta serve até drinques para aplacar a ansiedade dos comensais, ao despretensioso El Primo, no elegante polo gastronômico de Las Cañitas, a lista não deixará ninguém com fome.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave