Sesi recebe Molico-Nestlé de olho em primeira final

Paulistanas venceram primeiro confronto da série e tentam liquidar osasquenses para quebrar hegemonia Osasco-Rio de Janeiro

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Dani Lins está com saudade de disputar final da Superliga
Sesi/Divulgação
Dani Lins está com saudade de disputar final da Superliga

O Sesi tem na manhã deste sábado a chance de chegar à primeira final da Superliga feminina. O time comandado por Talmo de Oliveira venceu o Molico-Nestlé-SP no primeiro jogo das semifinais, em Osasco, e se vencer, enfrentará o Unilever-RJ na próxima semana. A partida será na Vila Leopoldina, às 10h.

No outro encontro entre as duas equipes, as paulistas da capital surpreenderam com um estilo de jogo ofensivo e teve dia inspirado de Dani Lins. A levantadora, que foi campeã olímpica, afirmou que seu clube fará de tudo para evitar o terceiro duelo e chegar rapidamente a final.

“A semana ficou longa pela ansiedade, mas treinamos muito bem e o grupo quer logo jogar essa partida. É a primeira chance do time chegar a final e todas estão muito dispostas a conseguir isso”, explicou.

Com a chance de colocar um “intruso” na vida de Unilever e Molico-Nestlé, que decidiram as últimas nove Superligas, Dani Lins também vê a chance de voltara uma decisão do Nacional.

“Quando estava em Osasco, participei de duas finais e, depois, pelo time do Rio de Janeiro, joguei cinco. Agora, estou na minha terceira temporada com o Sesi e já está na hora de voltar a uma decisão. Estou com saudade”, disse.

As osasquenses seguem confiantes que reverterão a situação. Motivação não falta para o clube de Osasco, que já deixou escapar uma decisão para o Sesi este ano, e foi derrotado no Sul-Americano, dentro do José Liberatti.

“Na primeira partida, faltou agressividade da nossa parte e vamos impor esse lado com mais força desta vez. Jogamos mal em momentos importantes. Agora é diferente. Estamos todas muito confiantes e só pensamos na vitória”, explicou a também campeã Sheilla.

Leia tudo sobre: sesidani linsosascomolico-nestlésheillafinalsuperliga feminina