Djokovic sua, mas vence e vai à semifinal em Montecarlo

Número 2 do mundo enfrentou muita resistência do espanhol Guillermo Garcia-Lopez, saiu perdendo, mas virou e venceu por 2 sets a 1

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O sérvio Novak Djokovic suou mais do que o esperado, mas garantiu vaga nas semifinais do Masters 1000 de Montecarlo nesta sexta-feira. Ao contrário do que aconteceu em suas duas primeiras partidas, quando passeou em quadra, o número 2 do mundo enfrentou muita resistência do espanhol Guillermo Garcia-Lopez, saiu perdendo, mas virou e venceu por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/1, 2h11min.

Agora Djokovic terá pela frente um velho conhecido, o suíço Roger Federer, que também garantiu vaga nesta sexta com muita dificuldade, ao derrotar Jo-Wilfried Tsonga por 2 sets a 1. Será o 34.º confronto entre os velhos rivais, com ligeira vantagem para o suíço, que tem 17 vitórias.

Djokovic chegou arrasador para o duelo desta sexta, com duas vitórias tranquilas no retrospecto. Nas duas primeiras partidas, o sérvio havia perdido um total de dois games, já que venceu os espanhóis Albert Montanes, por 6/1 e 6/0, e Pablo Carreno-Busta, por 6/0 e 6/1. Diante de outro tenista da Espanha, nesta sexta, no entanto, a história seria diferente.

No primeiro set, Djokovic cometeu muitos erros não forçados. Garcia-Lopez, número 38 do ranking, se aproveitou com um jogo consistente, conseguiu duas quebras de serviço, sendo que cedeu apenas uma, e surpreendeu o sérvio.

Mas foi apenas um susto. Djokovic voltou mais concentrado para o segundo set e equilibrou o jogo. Na única oportunidade que teve, quebrou o serviço do adversário para fechar. Empolgado, o cabeça de chave número 2 finalmente mostrou todo seu potencial no set final, quando passeou em quadra e garantiu a vitória.

Atual campeão do torneio, Djokovic luta para conquistar seu segundo título em Montecarlo e terá parada difícil diante de Roger Federer. Na outra semifinal, outro suíço, Stanislas Wawrinka, terá pela frente o espanhol David Ferrer, que surpreendeu seu compatriota Rafael Nadal.

Leia tudo sobre: tênistorneio de montecarlodjokovicfederer