Robô da NASA que orbitava lua é destruído após missão

Pesquisadores acreditam que o robô se desintegrou com a colisão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O LADEE já havia concluído sua missão original de 100 dias e fazia
NASA Ames/DIVULGAÇÃO
O LADEE já havia concluído sua missão original de 100 dias e fazia "hora extra" na órbita da lua
O robô LADEE, da NASA, que explorava a órbita da lua, colidiu nesta sexta-feira (18) com a superfície do satélite, apenas três dias após sobreviver a um eclipse lunar total, algo para o que não havia sido programado. Os pesquisadores acreditam que o robô se desintegrou com a colisão, em função da enorme velocidade, de 5.800 quilômetros por hora.   Na noite de quinta-feira o LADEE já orbitava a lua em uma altitude extremamente baixa, perto de 100 metros. A altitude foi reduzida propositalmente, para que a colisão pudesse ocorrer dentro de alguns dias, após a unidade executar sua missão com extremo sucesso. O robô, cujo nome é uma sigla em inglês para Explorador da Atmosfera e Ambiente Poeirento Lunar, foi lançado em setembro do ano passado, a partir de uma base no Estado norte-americano da Virgínia.   O LADEE já havia concluído sua missão original de 100 dias e fazia "hora extra" na órbita da lua. Ele sobreviveu ao eclipse total ocorrido esta semana, passando por um período prolongado de frio extremo e escuridão para o qual não havia sido desenvolvido. O pequeno artefato, do tamanho de uma geladeira, conseguiu passar por essa experiência graças ao funcionamento de alguns sensores de pressão, que foram os únicos a continuar em operação durante o fenômeno.   O clima no centro de controle da NASA em Mountain View, na Califórnia, era de "missão cumprida" nesta quinta-feira. "Tendo voado durante o eclipse e sobrevivido, a equipe está se sentido muito bem", comentou o coordenador do projeto, Butler Hine. Durante a missão, que custou US$ 280 milhões, o LADEE identificou vários componentes da atmosfera rarefeita da lua, como magnésio, titânio e néon.    

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave