Corpo de García Márquez será cremado no México

Na segunda-feira (21), o governo mexicano prestará uma homenagem ao ganhador do Prêmio Nobel de Literatura no Palácio das Belas Artes

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

FILE--Gabriel Garcia Marquez, a Nobel Prize-winning Colombian author, waves to local residents during the inauguration of peace talks in San Vicente del Caguan's main square, 300 kilometers (186 miles) south of Bogota, Colombia in this Thursday, Jan. 7, 1999 file photo. In  an interview published Sunday, Dec. 10, 2000 in El Tiempo newspaper in Colombia Garcia Marquez said that being diagnosed with lymphatic cancer was an
AP
FILE--Gabriel Garcia Marquez, a Nobel Prize-winning Colombian author, waves to local residents during the inauguration of peace talks in San Vicente del Caguan's main square, 300 kilometers (186 miles) south of Bogota, Colombia in this Thursday, Jan. 7, 1999 file photo. In an interview published Sunday, Dec. 10, 2000 in El Tiempo newspaper in Colombia Garcia Marquez said that being diagnosed with lymphatic cancer was an "enormous stroke of luck" that pushed him to write his memoirs. (AP Photo/Ricardo Mazalan, File)
O corpo do escritor colombiano Gabriel García Márquez, morto nessa quinta-feita (17), será cremado em uma cerimônia privada na Cidade do México. Na segunda-feira (21), o governo mexicano prestará uma homenagem ao ganhador do Prêmio Nobel de Literatura no Palácio das Belas Artes. As informações são de um comunicado da família do autor, lido em frente a sua casa pela diretora do Instituto Nacional de Belas Artes, María García Cristina Cepeda.   Ainda há a expectativa de que o corpo de Gabo, como era conhecido, seja sepultado em sua terra natal na Colômbia. Essa esperança foi manifestada pela irmã do escritor, Aída García Márquez. Nascido na cidade de Aracataca, Gabriel García Márquez fez diversas alusões a ela ao se referir ao vilarejo Macondo no livro que é considerado sua obra-prima, Cem Anos de Solidão.   Conhecido como um dos principais nomes da escola literária chamada realismo fantástico, o autor colombiano morreu aos 87 anos em sua casa na capital mexicana. Na última segunda-feira, a mulher e os filhos de García Márquez haviam informado que seu estado se saúde era "muito frágil", havendo "risco de complicações". Após ser hospitalizado por uma semana devido a uma infecção pulmonar, o escritor havia retornado para casa no início do mês.     *Com informações da Agência Lusa  

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave