Nadal abusa dos erros e perde de Ferrer em Montecarlo

Tenista espanhol foi eliminado do Masters 1000 de forma precoce, nas quartas de final, e encerrou sonho do nono título do torneio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Rafael Nadal vai em busca de mais um título dentro de seus domínios
Associated Press
Rafael Nadal vai em busca de mais um título dentro de seus domínios

Com uma de suas piores atuações no saibro, o espanhol Rafael Nadal se despediu do Masters 1000 de Montecarlo, torneio que já venceu oito vezes, de forma precoce nesta sexta-feira, ao ser derrotado pelo compatriota David Ferrer por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/1) e 6/4, em 2h13min de duelo.

O número 1 do mundo foi eliminado nas quartas de final, seu pior resultado na competição desde sua estreia no saibro de Mônaco, em 2003 - na ocasião perdeu do argentino Guillermo Coria nas oitavas de final. Depois disso, o espanhol acumulou nove finais seguidas em Montecarlo. A série de títulos só foi quebrada ano passado, quando ele foi superado por Novak Djokovic e teve que se contentar com o vice-campeonato.

O novo tropeço no saibro de Mônaco foi consequência da performance desastrosa de Nadal. O espanhol, que havia cravado sua 300ª vitória na terra batida no jogo anterior, acumulou uma série de falhas, tanto em jogadas mais simples quanto nas mais difíceis, algo incomum em sua carreira. Ao todo, foram 44 erros não forçados, número que chama atenção por causa da facilidade com que o espanhol joga no saibro.

Com estas falhas, Nadal permitiu a Ferrer faturar apenas a segunda vitória sobre o compatriota em 19 jogos disputados no saibro. A primeira acontecera no primeiro duelo entre os dois tenistas, em Stuttgart, ainda em 2004. No geral, Ferrer obteve o sexto triunfo em 27 partidas disputadas contra Nadal.

O primeiro set da partida desta sexta-feira foi marcada pelas quebras de saque. Foram duas para cada lado, com vantagem para Ferrer, que liderou o placar durante a maior parte do tempo. Ele chegou a ter a oportunidade de abrir 4/1, mas cedeu a quebra a Nadal. Empatada, a parcial precisou ser definida no tie-break, com superioridade de Ferrer. O atual número 1 do mundo não perdia um tie-break no saibro desde 2011.

Depois do fraco rendimento no fim do set inicial, Nadal não conseguiu reagir na segunda parcial. Sofreu nova quebra no terceiro game e viu Ferrer ganhar confiança. Arriscando mais, ele obteve nova quebra no sétimo game e abriu 5/2. Nadal ainda conseguiu devolver uma das quebras, mas não resistiu e acabou sofrendo sua terceira derrota em Montecarlo.

Na semifinal, Ferrer vai ter pela frente o suíço Stanislas Wawrinka, atual número três do mundo. Ele avançou na chave ao superar o canadense Milos Raonic por 7/6 (7/5) e 6/2, também nesta sexta. A outra semifinal ficará entre Jo-Wilfried Tsonga x Roger Federer e Guillermo Garcia-Lopez x Novak Djokovic. Eles se enfrentam ainda nesta sexta.

Leia tudo sobre: tenismontecarlonadalferrer