Jovem é executado durante festa em sítio e suspeito não é reconhecido

Ninguém conhecia o suspeito no local, que fugiu após o crime; outro assassinato também foi registrado nesta manhã no Barreiro

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Dois assassinatos já foram registrados apenas na manhã desta sexta-feira (18) em Belo Horizonte, no bairro Cardoso, e Igarapé, na região metropolitana da capital. Nos dois casos, a suspeita e motivação do crime são desconhecidos da polícia.

Em Igarapé,  Helioenai Euzébio Valeriano, 23, estava em uma festa que acontecia no sítio Três Lagos quando foi assassinado a tiros. Em seguida, o suspeito que não foi identificado por ninguém da festa, fugiu em um Fiat Stilo preto e não foi mais visto. Ele era branco, alto e trajava calça jeans e blusa vermelha. Um amigo da vítima contou que estava no banheiro quando ouviu o tiro e ao sair, o amigo já estava caído no chão, baleado no tórax.

Helionai chegou a ser socorrido para a Policlínica da cidade, mas não resistiu ao ferimento e morreu. As causas do crime são desconhecidas.

Já no bairro Cardoso, na região do Barreiro,  um homem identificado apenas como Ismael e idade aparente de 34 anos, foi morto depois de ser atingido por cinco tiros, sendo três nas costas e dois nos braços. Após o crime um Citroen preto foi visto saindo do local em alta velocidade. Também neste caso, suspeita e motivação do homicídio ainda não foram esclarecidos. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave