Especialistas dão dicas que ajudam a diminuir o stress

iG Minas Gerais |

Para amenizar o estresse causado pelo trânsito, a coordenadora do serviço de psicologia hospitalar Marcella Benoliel Zaninetti recomenda sessões de relaxamento corporal, atividades físicas diárias, de lazer e hobbies, psicoterapia, meditação, massagens, entre outras. “A primeira iniciativa de uma pessoa que está sofrendo em virtude de algum transtorno mental, como depressão e ansiedade, é procurar um psicólogo para que o mesmo possa fazer uma avaliação do quadro e indicar o melhor caminho para o tratamento”, recomenda.

Outra dica é desenvolver estratégias de enfrentamento do problema: escutar músicas relaxantes, escolher trajetos e horários alternativos, se for possível, e realizar relaxamento corporal antes de iniciar o trajeto.

“Tudo isso ajuda a controlar a ansiedade e, consequentemente, o acúmulo de estresse e situações desagradáveis no trânsito. Existem diversas estratégias que podem ser desenvolvidas e adaptadas para cada indivíduo e que serão úteis dependendo da experiência de cada pessoa com a questão do trânsito e o tempo passado nele”, explica Marcella.

De acordo com a psicóloga Kamila Knakiewicz, em decorrência do estresse, o organismo recebe descargas diárias de hormônios que podem resultar em diversos distúrbios psicofisiológicos. “Gastrite, distúrbio da tireoide, alteração da pressão arterial, dermatites, agressividade, irritabilidade, transtornos de ansiedade são alguns exemplos”, afirma.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave