Diretor de "X-Men" é acusado de abuso sexual

Homem de 30 anos diz que cineasta obrigou a fazer sexo oral nele quando tinha 15

iG Minas Gerais |

Bryan Singer é acusado de abusar sexualmente de menor
Just Jared/reprodução
Bryan Singer é acusado de abusar sexualmente de menor
O diretor Bryan Singer, conhecido pela saga "X-Men", está sendo acusado por abuso sexual. Michael F. Egan, que hoje tem 30 anos, contou ao site TMZ que foi obrigado a fazer sexo oral no cineasta durante uma festa que ele esteve presente na casa dele quando tinha 15 anos de idade.   Segundo Egan, que também está movendo um processo contra Bryan Singer, durante a festa o cineasta teria obrigado a beber e oferecido um papel em um papel em um de seus novos filmes da época. Além de ter obrigado a fazer o sexo oral na piscina da festa. Em outra ocasião, ele contou que o diretor também teria oferecido cocaína e prometido uma ponta no filme  "X-Men".   De acordo com o site TMZ, o advogado do cineasta negou todas as acusações e acredita que tudo é uma forma de conseguir publicidade no momento em que o novo filme de Bryan está para ser lançado, no dia 22 de maio. "Nós estamos confiantes que que Bryan será inocentado desse processo absurdo e difamatório", contou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave