Ronaldinho pede sequência de jogos para melhorar rendimento no Galo

Craque reconhece momento em baixa e acata cobranças, mas afirma que não falta vontade de jogar e buscar títulos para o time

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Ronaldinho se prepara para reencontro com palco que o lançou para o mundo do futebol
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Ronaldinho se prepara para reencontro com palco que o lançou para o mundo do futebol

Com poucos jogos na temporada, das 21 partidas do clube no ano ele participou de nove, o meia Ronaldinho Gaúcho espera começar contra o Corinthians, no domingo, na estreia do Atlético no Campeonato Brasileiro, uma sequência maior de jogos para tentar reencontrar o seu futebol e ajudar o clube a conquistar o título brasileiro depois de quase 43 anos.

“Concordo com as cobranças quanto ao meu futebol. Mas poder ter uma sequência de jogos vai ser importante e eu estou mil porcento motivado para voltar a ter um bom rendimento com a camisa do Atlético”, destacou o jogador, que aposta em um Galo forte para buscar o título nacional.

“Claro que me motiva, até porque é um dos poucos títulos que me falta na carreira. Fiquei em segundo e terceiro, ali beirando, e agora estou trabalhando duro para poder conquistar o Brasileiro”, disse o meia, que espera começar bem a competição já na partida contra o Corinthians.

“Será um jogo importante, contra uma grande equipe e que vai brigar pelo título. Por isso, esperamos conseguir um resultado positivo”, projetou, sem saber no entanto, se serátitular no confronto contra o Timão. “Vai ficar a critério do Paulo Autuori, mas eu particularmente quero jogar o maior número possível de partidas”.

Duas frentes

O meia afirmou que o foco do Atlético não é só o Brasileirão. “Estamos pensando também na sequência da Libertadores. Assim como o nosso torcedor, nós também queremos muito o Brasileirão e a Libertadores e vamos fazer de tudo para conquistar esses dois campeonatos”, ressaltou.

A má fase com a camisa alvinegra também foi alvo da coletiva de R10, que vem sendo muito cobrado para ter melhores atuações. “Levamos azar com as lesões no começo de temporada, mas acredito que podemos fazer bom ano e brigar pela Libertadores e o Brasileiro. O ano passado serve de experiência. Conseguimos uma arrancada boa final competição e acabamos perto do time campeão e esse ano esperamos começar bem e não ter de correr depois atrás no fim”, completou o jogador.

A definição do Atlético para o jogo de domingo deve acontecer hoje de manhã quando está previsto um treino coletivo no CT de Vespasiano. Na atividade desta tarde, o técnico Paulo Autuori comandou um treino tático que não contou com as presença do atacante Guilherme e do volante Leandro Donizete, poupados do treino por causa de cansaço muscular. Para o confronto com os paulistas, o Galo ainda não vai poder contar com o lateral-direito Marcos Rocha, que se recupera de um estiramento grau 2 na parte posterior da coxa direita. Alex Santos deverá ser o titular na ala direita. Na esquerda, o alvinegro deverá ter a estreia do lateral Emerson Conceição.

Leia tudo sobre: atleticogaloronaldinhogauchobrasileirolibertadores