Espaço Comum Luiz Estrela consegue verba para obras

Movimento feito pelo site Catarse arrecadou R$ 45 mil para intervenções de escoramento do casarão; previsão de ativistas é que as obras de restauração do telhado e demais reformas sejam concluídas até o início do ano que vem

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Coletivo, Ainda que organizado por um grupo de pessoas, o coletivo tenta preservar sua característica principal, a horizontalidade
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Coletivo, Ainda que organizado por um grupo de pessoas, o coletivo tenta preservar sua característica principal, a horizontalidade

O Espaço Comum Luiz Estrela conseguiu arrecadar o montante de R$ 45 mil necessário para quitar as obras de escoramento do casarão do bairro Santa Efigênia, ocupado por ativistas desde outubro do ano passado. 

O valor foi arrecadado dois dias antes do prazo final para doações no site Catarse, que encerra a campanha nesta sexta-feira (18). Agora, todas as doações excedentes além dos R$ 45 mil serão investidas nas próximas etapas da reforma. Até o momento, existem R$ 4.845 doados além do valor necessário para o escoramento do casarão.

Segundo a arquiteta Priscila Musa, o próximo passo é realizar obras de reforma do telhado do casarão e depois de toda a estrutura do imóvel. O projeto de reforma deve ser apresentado ao Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (CONEP) no próximo dia 22 de maio. Posteriormente, uma reunião marcada com membros da Prefeitura para o dia 20 de junho vai analisar a proposta dos ativistas. "Já tínhamos escorado o casarão em fevereiro, pegamos um empréstimo para pagar uma parte do valor. Agora vamos conseguir quitar e já começar a reforma do telhado, que exige cuidados especiais", esclareceu Priscila.

Para Clarice Marinho, integrante do Espaço Comum Luiz Estrela, a expectativa é que o casarão possa ser ocupado novamente, após sua reforma completa, até o início do ano que vem. "Essa é uma vitória política da sociedade civil, que não precisou de dinheiro de empresas e nem de dinheiro público para financiar esse projeto", disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave